Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Jerez, segundo dia

por Tiago Crispim, em 06.02.13

Se o primeiro dia não tinha sido mau, com Romain Grosjean a terminar em terceiro da tabela, hoje a Lotus subiu a parada, com o francês a terminar o dia em primeiro, com 95 voltas cumpridas, a melhor delas em 1:18.218. "Mesmo que não queira dizer nada durante os testes, é sempre bom estar na frente", disse Grosjean.


A Force India certamente também acabou o dia a sorrir, com Paul Di Rsta a fazer 95 voltas e a terminar em segundo. O piloto escocês, ainda sem companheiro de equipa confirmado, entregou de tarde o volante do VJM06 ao piloto de testes James Rossiter, que em 19 voltas conseguiu terminar em décimo.

 

Romain Grosjean a sair das boxes

 

O terceiro melhor tempo do dia foi para outra equipa pouco habituada a lugares tão cimeiros. Daniel Ricciardo fez 83 voltas com o seu Toro Rosso, nem perto das 101 de Mark Webber no RB9. O australiano da Red Bull fez duas voltas a mais que Nico Hulkenberg no Sauber, que considerou este "um dia positivo."

 

Quem não tem tido muita sorte em Jerez é a Mercedes. no primeiro dia Nico Rosberg fez apenas 15 voltas antes de um problema elétrico ter pegado fogo à traseira do W04. Hoje [6 de Fevereiro] Lewis Hamilton estreou-se na sua nova equipa mas não teve tempo de disfrutar o carro. Após 14 voltas uma perda de líquido dos travões traseiros ditou o fim dos testes, contra a barreira de pneus. "Estas coisas acontecem e faz tudo parte dos testes", disse o piloto inglês.

 

Lewis Hamilton na barreira de pneus

 

"Das poucas voltas que completei esta manhã, o meu sentimento geral é muito positivo. Tenho um bom entendimento de onde é a base do carro e, embora tenhamos de trabalhar em certas áreas, foi bom termos feito algumas voltas para dar uma ideia de que áreas são essas", afirmou Hamilton.

 

Sérgio Pérez também se estreou hoje ao volante do McLaren MP4-28. Fez 81 voltas e terminou em sétimo da geral. A Ferrari andou a testar configurações de escape com Felipe Massa e não foi além do oitavo melhor tempo. Pastor Maldonado continuou no Williams do ano passado. De acordo com o diretor técnico da equipa, Mike Coughlan, a equipa teve um problema com a instalação da embraiagem, que transportou do ano passado, mas aproveitou o dia para fazer testes aerodinâmicos e de pneus.

 

Giedo Van Der Garde voltou a repetir o penúltimo tempo, cumprindo 88 voltas e Luiz Razia, piloto brasileiro que assinou recentemente pela Marussia, estreou-se ao volante do novo MR02 em 31 voltas. "Estou bastante contente com a maneira que as coisas correram, por isso é pena que não tenhamos podido correr de tarde. Tivemos um problema no motor mas aproveitei a oportunidade para testar o KERS e não conseguimos recuperar o carro antes do fim da sessão", disse o estreante brasileiro. 

 

 

Luiz Razia a estrear-se ao volante do MR02

 

Para amanhã estreiam-se nos novos carros Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35



Onde é que veio parar?

O Volta Mais Rápida é um blog sobre F1. O autor é um curioso, apaixonado pela Fórmula Um desde que se lembra, embora a sua carreira ao volante se fique pelos karts e pela Playstation. Trabalhou em alguns meios de comunicação como jornalista e hoje é técnico de rádio na Universidade Autónoma de Lisboa. Neste espaço quer dar a conhecer melhor o universo deste desporto e talvez despertar a atenção e a curiosidade de alguns interessados.



Contactos


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D