Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mercedes lança W03

por Tiago Crispim, em 29.02.12

Isto de ter estado afastado uma semana tem muito que se lhe diga. Não consegui ir a tempo do lançamento do W03, o novo carro com que a Mercedes vai disputar a temporada de 2012.

 

Os pilotos alemães, Michael Schumacher e Nico Rosberg, mostraram-se confiantes com o potencial do carro, mesmo não tendo ido além do nono lugar nos testes de Barcelona, onde pela primeira vez se viu o W03. (Exceto em Silverstone.)

 

A revelação do W03 da Mercedes

 

No segundo dia de treinos o carro teve um fuga de óleo, de tarde, o que impediu Rosberg de completar a sessão.

 

"Estou contente com a nossa primeira sessão de testes e melhorámos definitivamente, que é o que queríamos. Até onde, só podemos ver depois mas estou com um feeling positivo", contou Schumacher no terceiro dia de testes.

 

Schumacher durante os testes em Barcelona

 

"Depois do nosso primeiro teste a sério com o W03, vejo que estamos a dar passos em frente. O nosso programa de testes correu bem nesta semana e fizemos progressos diários evidentes. Em termos de fiabilidade, o carro está a portar-se como esperávamos o que é realmente importante enquanto nos concentramos em melhorar a performance", disse Rosberg no final do quarto dia de testes.

 

 

O vídeo de lançamento oficial do W03.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:27

Marussia falha crash-test

por Tiago Crispim, em 28.02.12

A ex-Virgin, agora renomeada Marussia, não passou nos crash-tests obrigatórios. As equipas têm de passar em 18 testes de embate, dos quais a equipa passou 17.

 

A Marussia tinha planeado lançar o seu MR01 na próxima quinta-feira (1 de março), o primeiro dos últimos dias de testes conjuntos. Assim sendo anunciaram que não vão participar nos últimos testes da pré-temporada para se concentraram em repetir os crash-tests.

 

A HRT também tinha chumbado nos testes necessários à homologação do carro mas a revista britânica Autosport avançou que a equipa espanhola passou nos testes e pode estar presente em Barcelona, no dia 1 de março, apesar do carro estar atrasado em termos de projeto.

 

Os pilotos da Marussia, Charles Pic e Timo Glock já tiveram oportunidade de experimentar o novo carro em simulador, mas participaram nos primeiros testes de Barcelona ainda com o carro da temporada anterior.

 

Charles Pic durante os testes em Barcelona com o MVR02 de 2011

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

Resumo dos treinos de Barcelona

por Tiago Crispim, em 28.02.12

Por motivos profissionais não acompanhei a fundo nem tive tempo de escrever sobre os testes conjuntos em Barcelona, a tempo de os acompanhar dia-a-dia. Mesmo assim segue aqui o resumo destes quatro dias.

 

Sebastian Vettel foi o piloto mais rápido no primeiro dia de treinos, seguido de Nico Hülkenberg, que foi o mais rápido do segundo dia de testes com o novo VJM05 da Force India, seguido do C31 de Sérgio Pérez, que se queixou que a Sauber "ainda está longe do seu melhor". No terceiro dia o mais rápido foi Pastor Maldonado, que surpreendeu ao fazer o tempo mais rápido do dia.

O piloto que marcou a volta mais rápida do conjunto foi contudo Kamui Kobayashi, com 1:22,312m. A equipa suíça ainda assim não se mostrou deslumbrada.

"O tempo é o mais rápido desta semana mas claro que isto não significa muito porque as comparações não são possíveis durante testes com cada equipa a correr com diferentes programas" disse Giampaolo Dall’Ara, engenheiro-chefe da Sauber.

 

Kamui Kobayashi a ver os outros pilotos pelo retrovisor

 

As equipas aproveitaram para testar toda a gama de slicks da Pirelli, macios, médios e duros, além das habituais afinações e testes de restistência dos materiais, tal como simulações de corrida.

 

A Lotus detetou um problema no seu E20 e não chegou a completar os dias de testes. Romain Grosjean estava a pilotar o carro quando sentiu "algo de estranho no volante". a Lotus descobriu um problema no chassis E20-02. Segundo a revista Auto Motor und Sport o problema é na suspensão dianteira, que causou uma falha na estrutura de fibra de carbono do monolugar.

 

Romain Grosjean no Lotus E20, no único dia de testes da equipa de Barcelona

 

1. Kamui Kobayashi, Sauber, 1:22.312, 244 voltas
2. Pastor Maldonado, Williams, 1:22.391, 240 voltas
3. Nico Hulkenberg, Force India, 1:22.608, 191 voltas
4. Sergio Perez, Sauber, 1:22.648, 151 voltas
5. Sebastian Vettel, Red Bull, 1:22.891, 183 voltas
6. Paul di Resta, Force India, 1:23.119, 184 voltas
7. Fernando Alonso, Ferrari, 1:23.180, 162 voltas
8. Jenson Button, McLaren, 1:23.200, 229 voltas
9. Michael Schumacher, Mercedes, 1:23.384, 178 voltas
10. Felipe Masssa, Ferrari, 1:23.563, 187 voltas
11. Lewis Hamilton, McLaren, 1:23.590, 234 voltas
12. Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 1:23.618, 126 voltas
13. Mark Webber, Red Bull, 1:23.774, 182 voltas
14. Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 1:23.792, 170 voltas
15. Nico Rosberg, Mercedes, 1:23.843, 221 voltas
16. Bruno Senna, Williams, 1:25.711, 97 voltas
17. Valtteri Bottas, Williams, 1:25.738, 117 voltas
18. Heikki Kovalainen, Caterham, 1:26.035, 101 voltas
19. Timo Glock, Marussia*, 1:26.173, 108 voltas
20. Vitaly Petrov, Caterham, 1:26.448, 178 voltas
21. Romain Grosjean, Lotus, 1: 26.809s, 7 voltas
22. Charles Pic, Marussia*, 1:27.343, 228 voltas

 

* com o carro de 2011

 

 

Fotos: Glenn Dunbar/LAT Photographic; Sauber Motorsport AG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09

Petrov substitui Trulli na Caterham

por Tiago Crispim, em 17.02.12

A equipa Caterham anunciou a substituição de Jarno Trulli por Vitaly Petrov com efeitos imediatos. O piloto russo esteve na fábrica nesta manhã (17 de fevereiro) para fazer o ajuste do assento antes dos testes conjuntos de Barcelona, entre 21 e 24 de fevereiro.

 

O dono da equipa, Tony Fernandes, agradeceu todo o trabalho desenvolvido por Trulli desde o início da equipa, em 2009 e declarou que a decisão de substituir o italiano não foi fácil.

 

Vitaly Petrov, já com as cores da Caterham

 

"Chegámos a um entendimento com Jarno [Trulli] e terminámos a nossa parceria com ele, mas ele sempre vai ser parte da nossa família. Agora queremos integrar o Vitaly [Petrov] o mais rápido possível na equipa e vamos fazer tudo para o fazer sentir bem vindo, dar-lhe un carro que pode usar para mostrar os seus talentos e manter o nível de desenvolvimento que nos viu começar com uma fábrica vazia com quatro empregados até uma equipa de Fórmula Um estabelecida em apenas dois anos", disse Fernandes.

 

Jarno Trulli estreou-se na F1 em 1997, pela Minardi. Passou depois pela Prost, Jordan, Renault, Toyota e Lotus, agora renomeada Caterham.

Fez 238 Grandes Prémios (228 largadas) e alcançou a sua única vitória pela Renault, em 2004, ano que terminou em sexto lugar na tabela classificativa com 46 pontos, a melhor marca da sua carreira. Nesse ano trocou a Renault pela Toyota no final da temporada, com o escândalo que envolveu Flávio Briatore, então dono da equipa Renault. Trulli tem ainda 11 pódios, e uma volta mais rápida no seu palmarés.

 

Com 38 anos, é provável que os testes de Jerez deste ano tenham sido a última vez que Trulli pilotou um F1.

 

Jarno Trulli durante os testes em Jerez

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:13

HRT chumba crash-test

por Tiago Crispim, em 11.02.12

O carro que a HRT planeava ter pronto para a temporada de 2012 chumbou os crash-tests obrigatórios para aprovação do monolugar.

 

Depois da HRT ter anunciado a mudança da sua sede para a Caja Magica em Madrid, (onde fica instalado o Comité Olímpico Espanhol e onde se realiza o ATP Masters de Madrid) a equipa sofre agora um revés, com o carro a passar 14 dos 16 itens de segurança nos testes.

 

A equipa pretendia ter o carro pronto para a segunda sessão de testes conjuntos, entre 21 e 24 de fevereiro, em Barcelona mas talvez só tenha o novo carro pronto a tempo do terceiro teste conjunto, entre 1 a 4 de março. A HRT esteve presente em Jerez, com o F111 do ano passado e Pedro De La Rosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:23

Alonso termina testes conjuntos em primeiro

por Tiago Crispim, em 10.02.12

Fernando Alonso foi o piloto mais rápido na última sessão de testes conjuntos em Jerez. O piloto espanhol foi sete décimas de segundo mais rápido que o segundo, Jean-Eric Vergne num Toro Rosso. Ainda assim o F2012 ficou aquém do melhor tempo de todos os dias, o de Nico Rosberg com o Mercedes do ano passado.

 

Sebastian Vettel só correu de tarde mas foi o suficiente para alcançar o terceiro tempo do dia, a três milésimos de Vergne. O MP4-27, tal como o Red Bull e o Toro Rosso, não teve problemas nestes quatro dias e Lewis Hamilton assegurou o quarto tempo, acima de Romain Grosjean no Lotus. "Estou a gostar de estar no carro embora seja trabalho duro. Até agora a minha forma física tem sido boa, o pescoço não está mal, mas vamos ver como me sinto amanhã" disse o piloto francês.

 

O sexto lugar ficou com Kamui Kobayashi, apesar de a Sauber ter sofrido um atraso com uma fuga hidráulica. "Descobrimos a direção certa. O carro não nos surpreendeu com grandes problemas, o que nos permitiu trabalhar em melhoramentos. Perdemos tempo de pista com pequenos problemas e quero agradecer aos mecânicos por todo o trabalho" contou o japonês.

 

Kobayashi no Sauber C31

 

As três últimas posições ficaram para Nico Hülkenberg na Force India, Bruno Senna na Williams e Jarno Trulli na Caterham.

 

"Foi a minha primeira vez no carro, por isso concentrei-me em estar confortável e rápido. Os grandes stints foram úteis para isso e também me permitiram começar a perceber os novos pneus", disse Hülkenberg.

 

A Caterham (ex-Lotus) vai utilizar o KERS pela primeira vez desde a criação da equipa. "Não tinha usado o KERS antes e apesar dos botões extra no volante, é bastante simples habituarmo-nos e acho que vamos ver cada vez mais os benefícios, à medida que aprendemos a tirar o melhor partido dele" revelou Jarno Trulli.

 

As próximas sessões de treinos conjuntos são em Barcelona, dias 21 a 24 de fevereiro.

 

Foto: Sauber Motorsport AG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:40

Rosberg lidera terceiro dia

por Tiago Crispim, em 09.02.12

O W02 foi novamente o carro mais rápido no terceiro dia de testes no circuito de Jerez, na Andalusia. Nico Rosberg fez um tempo de 1:17.613 em  118 voltas. O primeiro piloto a conduzir um carro de 2012 foi Romain Grosjean, com menos uma volta e mais 0,80 centésimos.

 

O francês ficou sem combustível na última volta mas fora isso considerou que este foi um bom dia. "Fomos os mais rápidos de manhã e compeltamos alguns stints maiores de tarde. É ótimo finalmente conduzir o carro que vi ser construído em Enstone. Trabalhar tão bem com todos os mecânicos e engenheiros fez deste um dia memorável no E20", disse Grosjean.

 

Grosjean no Lotus E20

 

O piloto de testes da Caterham, Guiedo van der Garde, teve a sua primeira experiênciacom um carro de F1, e admitiu que havia cerrtas coisas a que tinha de se adaptar como os travões. "Estou habituado a um pedal mais rijo no carro de GP2 e tive de adaptar o meu estilo para um carro de F1. A outra área é tirar o melhor partido dos pneus. A volta mais rápida é praticamente a da saída das boxes e isso significa que temos de acertar mal saímos da boxe. Usámos o DRS e o KERS hoje e sinto-me confortável com ambos.", sumarizou o piloto holandês.

 

A Williams quis dar tempo de pista a Bruno Senna, qua amanhã continuará ao volante do FW34. "Descobrimos coisas interessantes, sobre os pneus em particular. Sinto que há muito potencial no FW34 e também na minha condução. A equipa fez um grande trabalho e estou feliz em termos tido um dia sem problemas", contou Senna. O seu companheiro de equipa Pastor Maldonado teve alguns problemas com o KERS nos dias anteriores.

 

Bruno Senna ao volante do FW34


Jules Bianchi foi o piloto que conduziu o novo VJM05 da Force India mas com apenas duas voltas, não marcou tempo. "Cometi um pequeno erro na segunda volta. Os pneus estavam um pouco frios e eu despistei-me fui à gravilha e toquei na parede com o pneu traseiro direito. Não foi um impacto muito grande mas causou alguns damos. Tenho pena que o meu erro tenha custado à equipa muito tempo e esforços", explicou o piloto francês. A equipa adiantou que apesar de não ter dado para fazer mais voltas no dia de hoje, o carro está preparado para o último dia de treinos conjuntos, dia 10 de fevereiro.

 

Jules Bianchi durante o seu pouco tempo no Force India

 

Resultados:

 

1. Nico Rosberg, Mercedes, 1:17.613, 118 Laps
2. Romain Grosjean, Lotus, 1:18.419, 117 Laps
3. Sebastian Vettel, Red Bull, 1:19.297, 96 Laps
4. Lewis Hamilton, McLaren, 1:19.464, 80 Laps
5. Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 1:19.734, 79 Laps
6. Sergio Perez, Sauber, 1:19.770, 48 Laps
7. Fernando Alonso, Ferrari, 1:20.412, 67 Laps
8. Bruno Senna, Williams, 1:21.293, 125 Laps
9. Giedo van der Garde, Caterham, 1:23.324, 74 Laps
10. Jules Bianchi, Force India, no time, 2 Laps

 

Fotos: Glenn Dunbar/LA; Sahara Force India Team; Lotus F1 Team

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:15

Segundo dia em Jerez

por Tiago Crispim, em 08.02.12

Michael Schumacher foi o piloto mais rápido no segundo dia de treinos conjuntos em Jerez de La Frontera. O hepta-campeão foi o único a conduzir o W02, carro usado em 2011. A equipa prateada planeia fazer o lançamento do W03 para o final deste mês de fevereiro, por isso os testes serão mais para testar novos componentes e acostumar os pilotos aos novos compostos da Pirelli.

 

Em segundo ficou Mark Webber, que ontem fez o quarto melhor tempo e em terceiro Daniel Ricciardo no novo STR7 da Toro Rosso.

Jules Bianchi fez uma excelente estreia no Force India com um quarto lugar depois de ontem o seu companheiro de equipa, Paul Di Resta ter levado o VJM05 à segunda posição.

 

O pôr-do-sol na zona da Red Bull

 

Heikki Kovalainen levou o seu Caterham até à 11ª posição mas declarou-se contente com a prestação e o potencial do CT01.

"Hoje estivemos a concentrar-nos nos setups, usando longas corridas para começar a perceber o que este carro pode fazer, por isso completámos 139 voltas e fizémos uma grande dose de programas, particularmente comparado com o ano passado", explicou o diretor técnico da Caterham, Mike Gascoyne.

 

O plano da Williams era semelhante. Pastor Maldonado completou 97 voltas e testar setups aerodinâmicos, de motor e de KERS. Amanhã Bruno Senna vai conduzir o FW34 nos dias restantes, algo que deve acontecer com a maioria das equipas.

 

 

Os testes prosseguem até sexta-feira, dia 10 de fevereiro.

 

1. Michael Schumacher, Mercedes, 1:18.561, 132 Laps
2. Mark Webber, Red Bull, 1:19.184, 97 Laps
3. Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 1:19.587, 100 Laps
4. Jules Bianchi, Force India, 1:20.221, 46 Laps
5. Kimi Raikkonen, Lotus, 1:20.239, 117 Laps
6. Paul di Resta, Force India, 1:20.272, 69 Laps
7. Felipe Massa, Ferrari, 1:20.454, 95 Laps
8. Jenson Button, McLaren, 1:20.688, 85 Laps
9. Sergio Perez, Sauber, 1:20.711, 106 Laps
10. Pastor Maldonado, Williams, 1:21.197, 97 Laps
11. Heikki Kovalainen, Caterham, 1:21.518, 139 Laps
12. Pedro de la Rosa, HRT, 1:22.128, 64 Laps

 

Foto: Red Bull Racing

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

Primeira sessão de treinos dominada pela Lotus

por Tiago Crispim, em 07.02.12

Kimi Räikkonen foi o piloto mais rápido no primeiro dia de testes conjuntos no circuito de Jerez. O piloto finlandês teve antes a oportunidade de se habituar ao novo carro e ao circuito, ao fazer 22 voltas a baixa velocidade para vídeos promocionais.

 

Nestes testes, mais do que os tempos cornometrados, as equipas focam-se em aperfeiçoar alguns componentes, já que esta é a primeira vez dos monolugares em pista.

 

"O principal propósito do primeiro teste é completar tantas voltas como possível com o E20. Isso permite-nos avaliar se todos os sistemas estão a trabalhar como deviam e realçar se há áreas que requerem a nossa atenção" explicou o diretor de operações de pista da Lotus, Alan Permane. "Monitorizamos todos os sistemas para assegurar que tudo está a operar à temperatura correta e a funcionar como desenhado. Embora tenhamos uma versão muito básica do pacote aerodinâmico, aqui podemos validar os dados da pista contra as nossas informações de CFD e túnel de vento." comentou Permane.

 

Estas palavras poderiam ser proferidas por qualquer membro de outra equipa, cujo objetivo é preparar o novo carro para a primeira corrida do ano, em Melbourne, dia 18 de março.

 

Os novos compostos da Pirelli são outra das preocupações nestes quatro dias em pista. Perceber o funcionamento correto e a melhor maneira de aproveitar os pneus e essencial até ao mês que vem.

 

Estes foram os resultados do primeiro dia de testes:

 

1. Kimi Raikkonen, Lotus, 1:19.670
2. Paul di Resta, Force India, 1:19.772
3. Nico Rosberg, Mercedes, 1:20.219
4. Mark Webber, Red Bull, 1:20.496
5. Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 1:20.694
6. Michael Schumacher, Mercedes, 1:20.794
7. Kamui Kobayashi, Sauber, 1:21.353
8. Jenson Button, McLaren, 1:21.530
9. Felipe Massa, Ferrari, 1:22.815
10. Heikki Kovalainen, Caterham, 1:23.178
11. Pastor Maldonado, Williams, 1:23.371
12. Pedro de la Rosa, HRT, 1:23.676

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58

Williams e Toro Rosso apresentam novos carros

por Tiago Crispim, em 07.02.12

O primeiro dia de testes conjuntos foi a altura que duas equipas, a Williams e a Toro Rosso, escolheram para a revelar os competidores para a temporada de 2012.

 

Com menos pompa mas igual circunstância, ambas as equipas puderam não só apresentar os carros mas também andar neles, visto que hoje foi o primeiro de quatro dias de testes conjuntos.

 

A Williams, que volta este ano a utilizar motores Renault, algo que não fazia desde 1997, baptizou o carro de Williams Renault FW34.

O projeto liderado pelo diretor técnico Mike Coughlan é de uma filosofia de design diferente do anterior FW33, desenhado por Sam Michael, o antigo diretor técnico da equipa, agora na McLaren.

 

A dupla sul-americana, Bruno Senna e Pastor Maldonado, junto do novo FW34

 

Já se sabe que as mudanças de regulamento alteraram significativamente o formato dos bicos dos carros este ano e o FW34 não fugiu à regra. O carro atual tem menos do que 5% de peças do ano passado, ou seja, tudo foi remodelado.

 

Depois da fraca prestação em 2011, a Williams quer, nas palavras do dono da equipa, Frank Williams, "começar de novo". "Temos um novo carro, nova dupla de pilotos, novo motor e novas pessoas em cargos superiores".

 

O STR7 da Toro Rosso também foi apresentado hoje, dia 7 de fevereiro. O terceiro carro completamente produzido pela equipa, que antes aproveitava os carros anteriores da Red Bull, reflete o esforço da equipa júnior da marca de bebidas energéticas austríaca em melhorar. "No ano passado terminámos em oitavo no campeonato de construtores e claramente queremos fazer melhor que isso este ano. Ainda é muito cedo para fazer previsões mas olhando para o trabalho que fizémos durante o inverno, temos de nos focar em ficar em sexto ou no máximo sétimo, quando chegarmos ao Brasil em Novembro", disse Franz Tost, o diretor da equipa.

 

A Toro Rosso mantém os motores Ferrari mas vai arrancar a temporada com uma nova dupla de pilotos, o canadiano Daniel Ricciardo (que em 2011 correu pela HRT) e o francês Jean-Eric Vergne (segundo classificado na GP2 do ano passado).

 

Em vez de fotos para mostrar o carro, aqui fica o vídeo de apresentação da equipa.

 

 

 

 

Foto: Andrew Ferraro/Williams

Vídeo: Scuderia Toro Rosso

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

Pág. 1/2



Onde é que veio parar?

O Volta Mais Rápida é um blog sobre F1. O autor é um curioso, apaixonado pela Fórmula Um desde que se lembra, embora a sua carreira ao volante se fique pelos karts e pela Playstation. Trabalhou em alguns meios de comunicação como jornalista e hoje é técnico de rádio na Universidade Autónoma de Lisboa. Neste espaço quer dar a conhecer melhor o universo deste desporto e talvez despertar a atenção e a curiosidade de alguns interessados.



Contactos


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds