Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O fim da imprensa automóvel em Portugal

por Tiago Crispim, em 16.10.12

Por vezes tive de procurar bem fundo a vontade de atualizar e escrever este blog, perguntando-me frequentemente se valerá a pena manter esta atividade.

Embora tenha noção que este é mais um num mar de blogs sobre este tema, muitos dos outros com conteúdos exclusivos graças à atividade dos autores, mantenho este espaço vivo e tento mantê-lo sempre a par do que se passa no "grande circo".

 

Vejo que em Portugal, desde o momento em que a F1 passou a ser transmitida num canal pago, os fãs desligaram-se do desporto. É frequente ouvir dizer que "no tempo de Senna é que era bom". E atenção que nunca me ouvirão discutir isso, mas a verdade é que ainda é bom. Nós não deixámos de ver futebol, mesmo depois dos vários escândalos que, volta e meia, assolam o desporto.

 

Mas os fanáticos da Fórmula Um andam escondidos. Os fãs de desportos motorizados, em Portugal, são agora os de Todo-o-Terreno, de Rallies e de motas.

 

E embora a maioria (48%) dos meus visitantes sejam brasileiros, ainda há 29% de portugueses que cá vêm parar. Tento agradar a todos e escrever de maneira a que tudo se entenda, mas esse não é o propósito deste post, já que falamos de uma realidade específica.

 

É que hoje, dia 16 de Outubro, os grupos de comunicação Cofina e Impresa anunciaram o fim das revistas Automotor, Volante e Autosport.

 

A Automotor vendeu, em Maio e Junho, uma média de 16.864 exemplares. Era feita por quatro jornalistas, um diretor e vários colaboradores.

 

A Volante vendeu 8617 exemplares por mês no mesmo período e a Autosport cerca de 10.589. Além das revistas de motores, acabam também três revistas de decoração e dois sites especializados, em futebol e jogos de consolas e computadores. Vão despedir cerca de 50 pessoas ligadas a estas publicações, assegurou uma fonte do grupo Impresa.

 

O grupo Impresa garante que o programa Volante TV, que passa na SIC Notícias, e o troféu Carro do Ano/Volante de Cristal vão continuar.

 

Eu, que nunca ganhei dinheiro com este blog, e provavelmente nunca vou ganhar, tenho pena que isto aconteça. Talvez não haja mercado, talvez os portugueses não se interessem por carros. Mas agora, se queremos saber mais sobre desportos motorizados vamos ter que os encontrar na net...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:58

Aviso Legal

Todas as fotos e vídeos são retirados da internet e reproduzidos sem fins lucrativos, com o propósito de justificar os relatos de acontecimentos da actualidade. Se os respectivos autores pretenderem a não inclusão das suas obras neste espaço, avisem o autor do blog. Este disponibiliza-se a retirá-las de imediato.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.



Onde é que veio parar?

O Volta Mais Rápida é um blog sobre F1. O autor é um curioso, apaixonado pela Fórmula Um desde que se lembra, embora a sua carreira ao volante se fique pelos karts e pela Playstation. Trabalhou em alguns meios de comunicação como jornalista e hoje é técnico de rádio na Universidade Autónoma de Lisboa. Neste espaço quer dar a conhecer melhor o universo deste desporto e talvez despertar a atenção e a curiosidade de alguns interessados.



Contactos




Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Rádio Autónoma