Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mugello, dia 3

por Tiago Crispim, em 04.05.12

O último dia de testes conjuntos, neste pequeno hiato no campeonato, terminou com a Lotus a fazer o melhor tempo. No dia anterior o piloto francês Romain Grosjean também tinha feito o melhor tempo, ex aequo com Kamui Kobayashi.

 

A sessão de treinos foi dominada pela Red Bull durante a manhã, mas de tarde, Grosjean acabou por ser um quarto de segundo mais rápido que Sebastien Vettel. O tempo do francês foi também o melhor tempo de todas as sessões.

 

O Lotus de Romain Grosjean na reta de Mugello, no terceiro dia de testes em Itália

 

"Mugello é muito exigente com os pilotos e tem sido uma muito boa experiência para mim, e um óptimo exercício! Estivemos a fazer um programa específico de avaliação de componentes, e sermos rápidos relativamente aos adversários, mesmo quando não estamos especificamente a tentar fazer os melhores tempos, é satisfatório" disse o piloto francês da Lotus.

 

O Ferrari de Fernando Alonso fez o terceiro melhor tempo, seguido de Daniel Ricciardo, num Toro Rosso, e de Sérgio Pérez num Sauber. Na Force India o carro foi partilhado entre os dois pilotos e fizeram-se testes de recolha de dados e set ups de pneus.

 

A Williams teve problemas elétricos no carro, durante a manhã e teve de adaptar o programa de testes para Pastor Maldonado aproveitar ao máximo a tarde. Já Nico Rosberg, na Mercedes, não teve problemas mas só fez o oitavo melhor tempo. A equipa alemã centrou-se em testar a gestão dos pneus, o que prova mais uma vez que os tempos dependem do que as equipas pretendem testar.

 

Heikki Kovalainen e o seu capacete "Angry Birds" no Caterham

 

O piloto com mais voltas neste dia foi Heikki Kovalainen, que fez 139 voltas com o seu Caterham. "Embora muito do que fizemos tenha sido bastante repetitivo, [Mugello] é um bom local para conduzir um carro de F1", afirmou o piloto, em desacordo com o seu companheiro de equipa, Vitaly Petrov, que no dia anterior criticou o traçado italiano.

 

O último piloto foi Timo Glock, num Marussia, que testou os vários tipos de compostos de pneus, afinações de motor e potenciais atualizações aerodinâmicas.

 

As equipas regressam agora às suas fábricas, para preparar o GP de Espanha, que será disputado dia 13 de maio.

 

Tempos:

 

1. Romain Grosjean, Lotus, 1:21.035, 66 Voltas
2. Sebastian Vettel, Red Bull, 1:21.267, 106 Voltas
3. Fernando Alonso, Ferrari, 1:21.363, 98 Voltas
4. Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 1:21.604, 117 Voltas
5. Sergio Perez, Sauber, 1:22.229, 118 Voltas
6. Nico Hulkenberg, Force India, 1:22.325, 55 Voltas
7. Pastor Maldonado, Williams, 1:22.497, 63 Voltas
8. Nico Rosberg, Mercedes, 1:22.579, 129 Voltas
9. Oliver Turvey, McLaren, 1:22.662, 99 Voltas
10. Paul di Resta, Force India, 1:23.002, 34 Voltas
11. Heikki Kovalainen, Caterham, 1:23.169, 139 Voltas
12. Timo Glock, Marussia, 1:23.466, 110 Voltas

 

 

Tempos agregados:

 

1. Romain Grosjean, Lotus, 1:21.035, 163 Voltas
2. Sebastian Vettel, Red Bull, 1:21.267, 172 Voltas
3. Fernando Alonso, Ferrari, 1:21.363, 144 Voltas
4. Kamui Kobayashi, Sauber, 1:21.603, 135 Voltas
5. Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 1:21.604, 139 Voltas
6. Mark Webber, Red Bull, 1:21.997, 78 Voltas
7. Sergio Perez, Sauber, 1:22.229, 118 Voltas
8. Felipe Massa, Ferrari, 1:22.257, 106 Voltas
9. Nico Hulkenberg, Force India, 1:22.325, 55 Voltas
10. Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 1:22.422, 97 Voltas
11. Pastor Maldonado, Williams, 1:22.497, 63 Voltas
12. Nico Rosberg, Mercedes, 1:22.579, 178 Voltas
13. Oliver Turvey, McLaren, 1:22.662, 129 Voltas
14. Paul di Resta, Force India, 1:23.002, 48 Voltas
15. Heikki Kovalainen, Caterham, 1:23.169, 139 Voltas
16. Michael Schumacher, Mercedes, 1:23.404, 149 Voltas
17. Timo Glock, Marussia, 1:23.466, 147 Voltas
18. Charles Pic, Marussia, 1:23.982, 91 Voltas
19. Jerome D’Ambrosio, Lotus, 1:24.048, 40 Voltas
20. Vitaly Petrov, Caterham, 1:24.312, 112 Voltas
21. Gary Paffett, McLaren, 1:24.480, 63 Voltas
22. Bruno Senna, Williams, 1:24.842, 100 Voltas
23. Jules Bianchi, Force India, 1:25.475, 19 Voltas
24. Rodolfo Gonzalez, Caterham, 1:27.197, 35 Voltas
25. Valtteri Bottas, Williams, 1:29.179, 28 Voltas

 

Foto: Steve Etherington/Andrew Ferraro/LAT Photographic

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:12

Aviso Legal

Todas as fotos e vídeos são retirados da internet e reproduzidos sem fins lucrativos, com o propósito de justificar os relatos de acontecimentos da actualidade. Se os respectivos autores pretenderem a não inclusão das suas obras neste espaço, avisem o autor do blog. Este disponibiliza-se a retirá-las de imediato.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.



Onde é que veio parar?

O Volta Mais Rápida é um blog sobre F1. O autor é um curioso, apaixonado pela Fórmula Um desde que se lembra, embora a sua carreira ao volante se fique pelos karts e pela Playstation. Trabalhou em alguns meios de comunicação como jornalista e hoje é técnico de rádio na Universidade Autónoma de Lisboa. Neste espaço quer dar a conhecer melhor o universo deste desporto e talvez despertar a atenção e a curiosidade de alguns interessados.



Contactos




Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Rádio Autónoma