Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Circuito do Mónaco

por Tiago Crispim, em 25.05.11

O circuito do Mónaco é a mais lenta e estreita das provas de F1. Há quem defenda que devia ser retirado do calendário por não garantir a segurança necessária, e há quem ache que devia ser mantido pela sua história.

 

O circuito de rua demora seis semanas a montar e três a desmontar. A partida é na Boulevard Albert I. No fim da recta fica a curva Sainte Devote, à direita e a subir pela Avenue D'Ostende, e pela curva Beau Rivage, feita a fundo. De seguida há uma curva à esquerda, Massenet, até à praça do Casino de Paris. Os carros fazem a curva do Casino, à direita, descem a Avenue des Spélugues até à Mirabeau Haute, outra curva apertada à direita, e continuam a descer até à Loews. Esta é provavelmente a curva mais famosa do Mónaco, e também a mais lenta de todo o calendário.

 

 

A pista continua a descer pela Mirabeu Bas. Logo a seguir, nova curva apertada à direita, a Portier. Nessa altura entram no túnel que faz uma ligeira curva à direita. Um pouco à frente da saída do túnel há uma chicane, esquerda-direita, e os carros seguem a fundo pelo Quai Des Etats Unis até à curva Tabac, à esquerda.

 

Continuam junto à marina até ao Stade Nautique Rainier III. Aí encontram primeiro, uma esquerda-direita rápida chamada Louis Chiron e depois uma direita-esquerda mais lenta chamada Piscine. O circuito começa a subir com uma curva de 180º à direita chamada La Rascasse e depois a Virage Anthony Noghès, última curva antes da meta.

 


 

O circuito do Mónaco já viu vários acidentes graves, como o de Karl Wendlinger em 1994 mas apenas duas fatalidades. Luigi Fagioli e Lorenzo Bandini. Fagioli morreu em 1952, devido a lesões internas, num acidente que não pareceu muito grave na altura. Bandini bateu o seu Ferrari à saída da chicane da marina e o carro incendiou-se e capotou.

 

Outro acidente famoso no Mónaco é do filme Grand Prix, de 1966, realizado por John Frankenheimer.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:55

Aviso Legal

Todas as fotos e vídeos são retirados da internet e reproduzidos sem fins lucrativos, com o propósito de justificar os relatos de acontecimentos da actualidade. Se os respectivos autores pretenderem a não inclusão das suas obras neste espaço, avisem o autor do blog. Este disponibiliza-se a retirá-las de imediato.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.



Onde é que veio parar?

O Volta Mais Rápida é um blog sobre F1. O autor é um curioso, apaixonado pela Fórmula Um desde que se lembra, embora a sua carreira ao volante se fique pelos karts e pela Playstation. Trabalhou em alguns meios de comunicação como jornalista e hoje é técnico de rádio na Universidade Autónoma de Lisboa. Neste espaço quer dar a conhecer melhor o universo deste desporto e talvez despertar a atenção e a curiosidade de alguns interessados.



Contactos




Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Rádio Autónoma